Seguros SURA prevê aumento nas vendas de seguros para smartphones no Dia dos Namorados

O alto índice de roubo de celulares, somado aos elevados valores que esses produtos possuem no mercado, têm impulsionado o aumento das vendas de seguros para esses dispositivos móveis. De acordo com dados da Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg), no último ano o mercado de seguro para celulares cresceu 70% no País. Em datas comemorativas como o próximo dia 12 de junho, Dia dos Namorados, quando as vendas de smartphones tradicionalmente se elevam, o mercado também registra aumento na busca por seguro para esses produtos. “O aumento das vendas de seguros é natural nessa data. Mais da metade dos brasileiros vão às compras no Dia dos Namorados, segundo um levantamento do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) em conjunto com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), e no topo da lista de preferência sempre estão os smartphones. A relevância que esses aparelhos têm no nosso dia a dia faz com que as pessoas se preocupem em contratar soluções de proteção”, afirma Thiago Machado, diretor de Massificados da Seguros SURA, uma das maiores seguradoras da América Latina e empresa reconhecida por desenvolver soluções considerando as necessidades do consumidor e tendências do mercado.

De acordo com Machado, uma forma fácil e simples de fazer essa contratação é no ato da compra do aparelho, na própria loja, quando o valor do seguro pode ser diluído na prestação assumida pelo consumidor. “Aderir à proteção é ter a tranquilidade de que, a partir daquele momento, já se está amparado em decorrência dos eventos abrangidos pelo seguro contratado. Afinal, ele garante o conserto ou a reposição do aparelho ao consumidor conforme cobertura contratada”, afirma Marco Garutti, diretor de Soluções para Pessoas e Bens Pessoais da Seguros SURA. Para esclarecer dúvidas que possam surgir sobre o seguro e suas coberturas, a Seguros SURA listou algumas orientações para o consumidor. Veja as principais delas:

Entenda a cobertura principal – É muito importante ter em mente que, na cobertura principal, o consumidor passa a estar coberto por roubo, quando o bem é subtraído com o emprego de violência ou ameaça à vítima. Furto, que é quando o bem é subtraído sem violência ou ameaça contra a vítima (sem que o proprietário perceba), não está coberto nessa modalidade;

Consulte as coberturas adicionais – É importante questionar, para cada produto adquirido, se coberturas adicionais estão disponíveis e quais são elas. Elas proporcionam tranquilidade ao dono do smartphone, pois cobrem furto (por exemplo, quando o celular é retirado da bolsa ou do bolso sem o proprietário perceber), oferecem cobertura por dano acidental por queda (desde que comprometa a funcionalidade do celular) e queda de líquido e oxidação, por exemplo;

Aproveite o contato pessoal com o vendedor – No momento em que receber o aparelho celular do vendedor e decidir pela contratação do seguro, leia com atenção os termos da apólice e esclareça todas as dúvidas;

Contate a companhia seguradora – Caso alguma informação não tenha ficado clara, você pode buscar orientações diretamente na companhia seguradora pelo telefone indicado na apólice;

Faça boletim de ocorrência caso tenha o aparelho roubado – É muito importante saber que fazer o boletim de ocorrência, descrevendo detalhadamente o que aconteceu, agiliza a abertura do procedimento junto à seguradora e o pagamento da indenização em caso de roubo do smartphone.

« Voltar para a página anterior